Get Amazing Stories

Get great contents delivered straight to your inbox everyday, just a click away, Sign Up Now.

Great Ocean Road: a Austrália em todo seu esplendor

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Vale a pena alugar um carro para percorrer mais de 240 km de beleza

O carinhoso apelido de “estrada mais bela do mundo”, dada pelos próprios australianos, pode soar exagerado. No entanto, bastam alguns quilômetros pelas pistas da Great Ocean Road para entender o motivo. Com pouco mais de 240 quilômetros de extensão, a rodovia passa por uma das faixas litorâneas mais bonitas do planeta, e oferece uma combinação incrível de praias, florestas, cachoeiras, vilarejos, parques nacionais e formações geológicas pitorescas. É, de longe, a road trip mais famosa da Austrália.

great-ocean-road greatoceanroad_1

Criada entre 1919 e 1932, a estrada beira o litoral do Pacífico australiano, ligando as cidades de Torquay e Allansford, no estado de Victoria. O melhor ponto de partida é Melbourne, a segunda maior metrópole da Austrália, que fica a cerca de cem quilômetros do início da rodovia, em Torquay. É possível conhecer a região de ônibus e até por agências de viagem, mas se puder, prefira alugar um carro. Só lembre-se de um pequeno detalhe: as estradas da Austrália utilizam a “mão inglesa”, ou seja, as pistas são do lado invertido ao convencional.

 

October 2013 - March 2014 - Roberto Seba - Tourism Purposes only

Apesar da proximidade com Melbourne, a Great Ocean Road tem uma atmosfera selvagem. A pista, relativamente estreita e bem pavimentada, está longe de receber o fluxo intenso das “highways” australianas, e hoje se destaca muito mais pela relevância histórica. Foi construída por soldados australianos que sobreviveram à Primeira Guerra Mundial, e é considerado o maior memorial de guerra do mundo

Saindo de Torquay, a primeira parada pode ser feita na Bells Beach, uma das praias mais exuberantes do litoral australiano, famosa por receber diversas competições de surfe. Ela tem uma faixa de areia extensa, e é cercada por um imenso conjunto de falésias. O acesso é relativamente fácil.

Seguindo pela estrada, o visual selvagem começa a dar lugar a paredões rochosos à beira-mar. Do alto, verdadeiros mirantes naturais oferecem uma vista estonteante para as águas azuis do Pacífico australiano. Nessa altura, não deixe de fazer um pit stop na Anglesea, uma das praias mais acessíveis da região, e que também se destaca pelos mirantes.

twelve-apostles-australia

Por falar em visual, logo a frente chega-se no principal cartão-postal da região – e um dos principais de toda a Austrália: o Monumento Doze Apóstolos. Trata-se de um conjunto de rochas sedimentares que se separaram das falésias por conta da ação da água e dos ventos, e hoje ficam minuciosamente espalhadas pelo mar, na altura do Parque Nacional Port Campbell. Apesar do nome, hoje são apenas oito pedras, que continuam se movimentando graças à ventania. Aliás, leve um casaco por precaução, pois venta muito nessa região.

Outra atração famosa nessa região são os coalas, espécie símbolo da Austrália que se espalha pelas florestas e os parques nacionais dessa região. Um dos melhores lugares para contemplar esses simpáticos bichinhos é o Parque Nacional Great Otway, que fica a cerca de 160 quilômetros de Melbourne. Nessa mesma região, as praias de Lorne, Apolo Bay e a paradisíaca Loch Ard Gorge também fazem sucesso entre os turistas.

FONTE: Terra

great-otway-national-park_gor_u_1063053_1150x863 great-otway-national-park-koala-_climbing-_tree_400_300 heroimage-1 heroimage-2

 

 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Vinicius Costa

Vinicius Costa

Jornalista com MBA em Cinema Documentário pela FGV.Especialista em Política, Cultura e Sustentabilidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *