Get Amazing Stories

Get great contents delivered straight to your inbox everyday, just a click away, Sign Up Now.

Empresas que estão dando as cartas. Como jogar esse jogo de gigantes digitais?

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Gigantes digitais estão dando as cartas

Pela primeira vez desde 2000, as quatro empresas com maior valor de mercado no mundo são do setor de tecnologia. A Alphabet, controladora da Google, lidera a lista, seguida por Apple, Microsoft e Facebook, segundo dados compilados pela Bloomberg, O valor de mercado das quatro gigantes americanas é superior a 2 trilhões de dólares.

Como jogar esse jogo de gigantes digitais?

Com valorização de mais de 10% este ano, a rede social de Mark Zuckerberg superou a petroleira Exxon Mobil e o conglomerado Berkshire Hathaway, do magnata Warren Buffett, para se tornar a quarta companhia mais valiosa do mundo, avaliada em US$ 330 bilhões. A Alphabet lidera a lista, com valor de mercado de US$ 546 bilhões; seguida pela Apple, com US$ 530 bilhões; e Microsoft, avaliada em US$ 425 bilhões. E na lista das dez mais valiosas, a Amazon aparece na nona posição, avaliada em US$ 264 bilhões.

No passado recente, a lista de empresas mais valiosas do mundo era diversificada. Em 2011, quando a Apple superou a Exxon Mobil e assumiu a ponta do ranking, as duas compunham as cinco maiores com a PetroChina, o Bank of China e a Shell.

Infográfico As cinco maiores empresas de tecnologia do mundo

Regras do Jogo: Curiosidade e Coragem

Para entender e aprender como jogar esse jogo é preciso estar antenada e com foco total nas oportunidades geradas pela velocidade das mudanças ocorridas na última década no que diz respeito à tecnologia, comunicação e mídia. Basta lembrar que o rádio levou 38 anos para atingir 50 milhões de espectadores e a TV demorou 13. Mais que uma progressão geométrica, a internet atingiu a mesma audiência em apenas 4 anos, o Ipod em três e o Facebook em dois.

O número de mensagens de texto enviadas e recebidas todos os dias é maior do que a população do planeta, que já passa de 7,4 bilhões. Enquanto escrevo esse artigo, mais de 97 bebês nascem nos EUA, 274 na China, e mais de 395 na Índia, além, é claro, das mais de 694 mil músicas que são baixadas, ilegalmente. Se você acessar o site http://www.worldometers.info/pt/ vai se surpreender com as mudanças globais por segundo.

Não é à toa que a gente tem a sensação de que o mundo virou de ponta cabeça. É verdade. Não é apenas sensação. Mudou tudo. E numa aceleração espantosa que não para mais. O número de usuários da Internet em 1984 não passava de 1000 pessoas no mundo. Em 1992 chegou a 1 milhão, e em 2008 bateu 1 bilhão. Nos últimos oito anos chegamos a 3,2 bilhões de pessoas conectadas à internet.

MOBILE MIO

São mais de 7 bilhões de aparelhos celulares no mundo em trinta anos. Em 1989, existiam 4 milhões de assinantes do serviço móvel e o ‘tijolão’ custava 20 mil dólares. Em 2009 eram 4,6 bilhões de aparelhos. Hoje, mais de 7 bilhões. É pra se perguntar mesmo: O que é isso? Mas a principal pergunta a ser feita é ‘Como lidar com tudo isso e virar o jogo a nosso favor, aproveitando as milhares de novas oportunidades?

 

Mais de 7 bilhões de aparelhos celulares

 

Alguns se adaptam com mais facilidade e outros resistem com veemência, pelo fato de que o impacto é tão forte que as pessoas sentem a necessidade de nascer de novo para conseguir acompanhar. Elas intuem que precisam se reinventar, mas não sabem como. O que faz todo sentido, principalmente, se observarmos que em 2010, as dez profissões mais requisitadas pelo mercado, se quer existiam em 2004. E o mesmo está acontecendo agora em que estamos preparando estudantes para profissões que ainda nem existem, utilizando tecnologias que ainda precisam ser inventadas.

Chacoalhão pra acordar

Com as pessoas mais maduras, o chacoalhão é mais intenso, porque tudo que elas sabiam fazer e o faziam com maestria e bons resultados financeiros, não funciona mais. Centenas de milhares de pequenas e médias empresas, bem como outras grandes, estão rolando ladeira abaixo com um enorme ponto de interrogação na cabeça dos seus dirigentes. Obviamente, não descartamos o caos político em que o Brasil se encontra, que multiplica essa quebradeira de empresas que estamos vendo. Mas, sem dúvida, o chacoalhão é global. O reinventar-se é pra todos. E em todos os sentidos, seja em valores, moral, ética e cooperação uns com os outros.

Se não dermos as mãos e olharmos para o outro sem julgamento, com o forte propósito de compartilhar o que temos de melhor, não saímos do lugar. E posso garantir que há muita obra a ser feita com resultados surpreendentes, desde que, a alma não seja pequena, como dizia Fernando Pessoa.

Essa cooperação já começou e pode ser percebida em alguns segmentos como o de empreendedorismo digital, onde as pessoas estão formando um círculo de motivação para novos aprendizados em busca de resultados extraordinários. Tenho acompanhado de perto e visto que tudo o que deveríamos ter aprendido na escola durante os anos em que nossa cabeça estava fresquinha, somos impulsionados a apreender agora para alcançar os resultados que buscamos em nossos negócios.

Cursos online

Observem o aumento do número de pessoas interessadas em cursos online de todos os tipos para desenvolver novas habilidades e competências, desde falar um novo idioma ou aprender a falar em público para dar palestras ou mesmo gravar vídeos para o YouTube que promovam seu trabalho e contribuam para o aprendizado de outras pessoas.

Comunicação em vídeo

São alguns dos requisitos da Nova Comunicação que precisam ser aprendidos para engrossar o nosso caldo, e por consequência, o dos mais de 300 milhões de vídeos que trafegam pelo Youtube. Pode ser uma ironia colaborar para engordar as cifras astronômicas do lucro dessas companhias, mas o inverso, seja a resistência ou a desistência, só vai te fazer ficar pra trás. Cada época tem suas regras, seus paradigmas a serem questionados e tabus a serem quebrados. Portanto, estar no palco da ação é mais gratificante do  que a procrastinação. A cada minuto, 100 novos vídeos passam a fazer parte da rede de um bilhão de usuários do YouTube. Temos que agir.

[youtube width=”625″ height=”544″]https://youtu.be/uY3jkdRwS9Q[/youtube]

É o Marketing Digital

Tem muita gente quebrando a cabeça pra entender o tal SEO e as fontes de tráfego. Para os escritores, poetas e amantes da literatura, parece heresia, mas o fato é quem quer aparecer nas primeiras páginas dos motores de busca, tem que aprender a captar a atenção da audiência através de regras específicas na elaboração de títulos, primeiros parágrafos, captação de email ao longo do post e mais uma infinidade de dicas espalhadas pela web que ajudam a colocar seu negócio em evidência. Sem falar na profissão mais novinha e uma das bem sucedidas do momento: a das blogueiras e blogueiros. São tão assediados que viraram tema de novela e alvo de mais de 80% de todo o comércio eletrônico.

São apenas algumas das prerrogativas para fazer parte do mais de um bilhão de sites que existem na internet e concorrer a um lugar na mesa do jogo, onde as maiores dão as cartas. Elas são a bola da vez e os patrões do mundo nesse momento. Ao que tudo indica, esse ‘momento’ vai se estender por muitas décadas, com uma competição que promete acirrar-se a cada dia. A gigante do comércio eletrônico, Amazon, confirmou nesta semana, um serviço que permite aos usuários publicarem vídeos e ganhar direitos autorais com eles.

A novidade mostra que a maior varejista online do mundo está disposta a competir diretamente com o YouTube, do Google. O serviço, chamado de Amazon Video Direct, vai tornar os vídeos enviados pelos usuários disponíveis para aluguel ou compra, para visualização gratuita com anúncios ou oferta via assinatura.

Amazon Video Direct

A Amazon vai pagar aos criadores de conteúdo 50% da receita obtida pela venda dos vídeos, de acordo com contrato de licença da empresa. Para vídeos suportados por anúncios, os criadores vão receber metade da receita líquida de anúncios.

Mesmo com todo poder de fogo, a Amazon vai ter que se esmerar muito pra competir com quem já lançou versões locais em mais de 88 países em 76 idiomas diferentes, o que abrange 95% dos usuários da Internet. O cenário no ‘mobile’ é ainda mais acirrado, porque o hábito dos internautas cresce com o tempo de visualização, que dura mais de 40 minutos. O número de horas que os usuários gastam assistindo a vídeos nos dispositivos móveis cresceu 100% ao ano e a receita dos parceiros também teve aumento de 50% ao ano nos últimos três consecutivos.

Como diz Zigmunt Bauman, “para ser feliz há dois valores essenciais que são absolutamente indispensáveis, um é segurança e o outro é liberdade. Você não consegue ser feliz e ter uma vida digna na ausência de um deles. Segurança sem liberdade é escravidão. Liberdade sem segurança é um completo caos. Você precisa dos dois. Cada vez que você tem mais segurança, entrega um pouco da sua liberdade. Cada vez que você tem mais liberdade, você entrega parte da segurança. Então, você ganha algo e você perde algo”, afirma o filósofo e sociólogo polonês, autor de “Amor Líquido”.

Então, é isso. Bóra pra ação e buscar ser feliz com a liberdade e a segurança que podemos conseguir. E pra fixar bem na cabecinha da gente e na vontade, preparei pra vocês esse infográfico:

Infográfico do Novo duelo da audiência

Até o próximo post. Se gostou do artigo deixa um comentário aqui embaixo e compartilha.

Uma semana maravilhosa pra você.

Maria Alice Guedes

Empreendedora Digital e Life Coach

[cta id=’1449′]

 

 

 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Maria Alice Guedes

Maria Alice Guedes

Jornalista e escritora, autora do livro Desnudeios, e coach com especialização em Psicologia Positiva.

2 thoughts on “Empresas que estão dando as cartas. Como jogar esse jogo de gigantes digitais?

  • Ana Lucia Machado
    12 de maio de 2016 at 23:09
    Permalink

    Maravilhoso mundo novo diante de nós. Desbravá-lo é meu desejo! Novas possibilidades. Um convite a reinvenção. Um artigo inspirador.

    Reply
    • 13 de maio de 2016 at 23:08
      Permalink

      Seja bem vinda! Obrigada pelo comentário. Acompanhe novos artigos sobre como reinventar-se.
      Vem coisa por aqui.
      Bjs

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *