Get Amazing Stories

Get great contents delivered straight to your inbox everyday, just a click away, Sign Up Now.

Empreender tem sido a solução das mulheres após a maternidade

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

manual-da-mamae

Muitos homens depois de terem filhos, desejam que suas mulheres tenham tempo e disponibilidade para cuidar daquela coisinha mais linda do mundo. A mulher também. Mas o tempo vai passando, e a mulher que era acostumada a ter seu espaço profissional, sua vida própria, sua carreira, seu dinheiro e sua liberdade, se vê, mesmo que imensamente feliz, meio parada no tempo e no espaço. O parceiro chega do trabalho e compartilha o seu dia de atividades ou de preocupações ou ‘do saco cheio’ que está daquele emprego ou daquele chefe, ou da conquista de uma promoção. E ela conta tudo o que aquela pessoinha encantadora fez durante o dia todo, com a maior alegria.

Porém, tem algo dentro dela que começa a incomodar. Ela quer se ver novamente ativa. Produtiva. Se arrumando para trabalhar. Dando impulso à sua carreira. Ela quer também compartilhar com você o que ela fez durante o dia, o que ela produziu no trabalho, os novos planos, a promoção que está buscando. E, ao mesmo tempo, surge uma dicotomia. Uma divisão interna, desgastante e incômoda. Ela se sente dividida entre deixar aquela coisinha tão linda, que a cada segundo apresenta uma novidade, um gesto novo, uma musiquinha que aprendeu a cantar, um passinho de dança, uma safadeza e ela pensa “Como posso deixar o maior amor da minha vida para ir trabalhar? Com quem vou deixar? Quem vai cuidar dela ou dele? Quem vai cuidar como eu?”

As que tem mães disponíveis são felizardas. Ter o apoio da mãe nessa hora é muito bom, mesmo que essa avó venha a deixar essa ‘coisa linda’ mal acostumada entre mimos e excessos de carinho. Ela é felizarda porque pode confiar com quem deixar para retomar sua vida profissional e recuperar sua identidade de mulher. E as que não podem contar com essa disponibilidade familiar, e são a maioria, tem que crescer ainda mais rápido para lidar com a angústia de separação, confiando que a creche ou a escolinha vão prover todos os cuidados necessários ao seu filho. Depois de um tempo, tudo isso passa e é assimilado com naturalidade. Mas tomar essa decisão logo após a licença maternidade, é bastante difícil para muitas mulheres.

Mulheres tem optado por empreender após a maternidade

Mais de 41% das empreendedoras tem entre 18 e 39 anos. Com os recursos digitais, ficou mais fácil trabalhar home office e administrar a educação e proximidade dos filhos com o trabalho e a carreira. E as mulheres estão sendo ousadas em seus empreendimentos, até porque se sentem mais seguras de todas as suas competências, tarefas e desafios. Mulheres com essa postura de vida requerem homens mais ativos, desencanados, seguros de si, cooperativos e ambiciosos. Está aí um desafio que já começou há tempos, mas ainda não conquistou a tão desejada harmonia.

Leia mais:Por que a cama só funciona com duas pessoas inteiras?

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Maria Alice Guedes

Jornalista e escritora, autora do livro Desnudeios, e coach especializada em Psicologia Positiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *